Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \29\UTC 2010

Vovô viu a vuvuzela da vizinha.
Vovó vociferou.

Read Full Post »

Você murchou.

Todo o seu brilho
escorreu pelo ralo.

A cabeça tombou
para os dois lados.

Olhos secos
escondem segredos
putrefados na garganta.

A insônia encharca sua blusa
e tranca o tempo numa gaiola de vidro.

Mas lembre-se: foi você
quem abriu a porta
para o enxame de ladrões.

Eles levaram tudo,
as jóias
as roupas
a TV
e o som
da sua voz.

Apontam o canivete para a sua jugular
e você continua comendo tâmaras?!

Acorda, menina!
Fuja desse dilúvio
de lágrimas negras inúteis.

Pise o chão com certeza
e depois levante vôo
para qualquer estrela.

Read Full Post »

Marulho

Eu quero morrer dormindo,
na minha cama,
com os olhos bem abertos
para sentir o mar chegando.

Largar o corpo doente
nas espumas
e ver borboletas azuis nascerem
dessa mancha de óleo.

Read Full Post »

Você pode.
Aliás, você deve
enterrar viva essa mulher
que te deu a vida
e nada mais.

Read Full Post »

O céu e o mar
abraçados
derramam nuvens na água.

Assim nasce a espuma.

Read Full Post »

Confesse:
Você se aproveitava
da minha depressão
pra me jogar de boca
no pau de outros,
porque isso te enchia de tesão.

Até hoje tento esquecer
esse sexo bom
e puto
que me arrastou pro esgoto a céu aberto
onde acordo todas as manhãs.

Read Full Post »

O garoto mais lindo olhou para mim,
levantou meu ego.

Eu queria mesmo que fosse a minha saia.

Read Full Post »

Older Posts »