Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \26\UTC 2009

Sou 10!

Pessoal,
A Fernanda Vasconcellos (blog ótimo, cliquem aqui) me avisou agora pouco que fiquei em décimo lugar no Prêmio Off Flip (entre 393 inscritos). EBAAAAA! Justo eu, que nunca ganho nada, porque não acredito em MegaSena, concursos culturais, editais, revista Veja, duendes etc.

Não ganharei $$, nem hospedagem, nem ingressos pra Flip, mas serei publicada na Antologia (no ano que vem) e terei meus 5 minutinhos de fama!

OFF Flip_26-06-09

Segue o poema. Agradeço, de coração, aos homens neuróticos que passaram pela minha vida. E não voltam mais!


O sistemático habitante da casa ao lado

Na casa dele
não se deixa escova de dentes
— nem nada —
na pia.

Os chinelos
repousam ao lado da cama
num tapetinho ordinário.

Cada coisa
dorme e acorda
no mesmo lugar.

Todas as manhãs,
ele estica os lençois
e as relações artificiais.

Não precisa de despertador
porque tem sono
em círculos concêntricos.

Coloca, no varal,
toalhas molhadas
e panos quentes.

Não come carne de porco
nem camarão.

Faz sanduíche
de queijo
e de pessoas.

As garrafas de água,
mesmo vazias,
ficam na geladeira.
Ela já aprendeu
a não mexer em nada

Nem segurar
a mão dele
forte demais.

***

Agora, falando sério, TOC é uma doença que precisa ser tratada. Segundo a bíblia dos psiquiatras, CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS DO DSM IV,  algumas evidências são:

Comportamentos repetitivos (p.ex.lavar as mãos, organizar, verificar), ou atos mentais (rezar, contar, repetir palavras em silêncio) que a pessoa é levada a executar em resposta a uma obsessão ou em virtude de regras que devem ser seguidas rigidamente.

 – As obsessões ou compulsões são excessivas, consomem muito tempo (mais de uma hora por dia), ou interferem significativamente nas rotinas normais da pessoa, no seu funcionamento ocupacional ( ou acadêmico) nas atividades sociais ou relacionamentos habituais

TESTE (Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

Caso você responda positivamente a alguma das questões seguintes é provável que seja portador do TOC. Procure um médico.

* Sua mente é invadida por pensamentos, impulsos, palavras, frases, música, ou imagens que não deseja, que o incomodam e não consegue afastar ?
* Preocupa-se demais com germes, contaminação, sujeira, ou doenças?
* Preocupa-se demasiadamente em ter certeza ou fazer as coisas de forma absolutamente perfeita, tendo por isso sempre muitas dúvidas, e a necessidade de repetí-las?
* Necessita lavar as mãos repetidamente ou de forma excessiva ?
* Tem necessidade de tomar vários banhos ao dia por se sentir sujo, contaminado ou por sentir culpa por algo que considera ter feito de errado ou imoral?
* Verifica portas, fogão, janelas, gás, torneiras, eletro-domésticos ou outras coisas de forma excessiva?
*Necessita fazer coisas de forma repetida e sem sentido (tocar, contar, repetir números, palavras ou frases?
*Preocupa-se demais em que as coisas estejam simétricas, perfeitas, organizadas ou alinhadas?

Read Full Post »

Esconde-esconde.
Pega-pega.
Gira-gira.
Trepa-trepa.

Read Full Post »

Marcelino Freire e Samir Mesquita em matéria do Gilberto Amêndola sobre literatura no Twitter. No Jornal da Tarde de hoje. Vale ler. Aqui.

Read Full Post »

Não tem preço

Nem namorado
nem amante
nem mãe
nem cachorro
nem colega de infância.

A melhor amiga da mulher
é a gerente do banco,
seguida pela terapeuta (ou manicure)
e pela vendedora da loja de sapatos.

Read Full Post »

Falha

Você me deu palha.

Eu achei que você
era coisa rara
e que eu tinha achado
uma agulha no palheiro.

Mas agora eu vejo
que esse nosso amor
é quase nada,
é só fogo de palha.

E não vou mexer
mais nenhuma palha
para o que não valha a pena.

Read Full Post »

A negra

Envolto em gaze branca,
o dedo grosso da negra
vinha pra cima de mim
voando na minha garganta.

Enjôo. Enjôo. Enjôo.

Untado de Colubiazol
(cor de sangue aguado),
o dedo da negra arrancava
a inflamação lá do fundo da goela.

Enjôo. Enjôo. Enjôo.

No sorriso com dentes de pérola
ela anunciava meu futuro:
“abra a boca e feche os olhos,
não vai doer nada,
quando casar sara”.

Read Full Post »

Olho mágico

Nessa casa
culpa não entra.

Deixe aí
do lado de fora,
pendure no batente da porta,
despache no capacho.

Nos meus sagrados metros quadrados,
não cabe nenhum milímetro de culpa.

Read Full Post »

Older Posts »